Você vive DENTRO ou FORA do Quadrado Mental? Ou numa Bolha Mental?

viver dentro de um quadrado        21-08-2016

Dizer que algumas pessoas vivem dentro de um “QUADRADO”, ou de uma “BOLHA”, significa que elas têm sua capacidade de Reflexão e Análise limitadas não por um Espaço Físico, mas sim por total falta de preparo de suas Inteligências Múltiplas, tolhidas por Ideias ou Ideais (sejam eles filosóficos, espirituais, políticos, etc.), restritivos e bloqueadores de qualquer outro tipo de Raciocínio que levem ao Conhecimento.

Assim, tais pessoas só percebem e conhecem um Universo Restrito de Saberes ao se  utilizar de todos ou qualquer de seus órgãos do sentido junto com suas emoções  porque é apenas através deles que lhes chegam as informações externas – olhos, mãos (tato), ouvidos, olfato e a boca (paladar)- e guardar em seu cérebro, deixando de fora a Mente, fundamental para analisar e concluir sobre o que os seus ‘sentidos’ percebem. Através desses ‘sentidos’ é que tudo fica registrado no cérebro, fonte de consulta quando é preciso analisar, julgar, ponderar as experiências vividas que se tornam ‘sem vida própria’ porque foram guardadas separadamente, sem conexão umas com as outras e necessitam de outras pessoas para ‘dar-lhe Vida’ para que sejam compreendidas.

Portanto, se a Mente não aprende a desenvolver o Raciocínio correto e necessário para analisar os dados exteriores que obtém pelos sentidos, nem aprende a administrar as Emoções que são desencadeadas por tais ‘dados externos’, então a pessoa transforma-se em um ‘boneco’, e vai precisar de alguém que saiba interpretar, que ‘dê significado’ (por ela), às coisas, fatos, emoções e sentimentos – que nunca serão ‘dela’, mas de quem os interpretou por ela.

Exemplo

Um exemplo muito comum disso são as pessoas que se deixam influenciar pelo ideal ou filosofia de vida de outras, por não saberem interpretar o que ouvem, vêm ou lêm. São pessoas às quais chamamos de “alfabetizados Funcionais”. Sabem reconhecer letras e palavras, mas não conseguem analisar seus significados dentro de um contexto mais complexo. Assim, ao serem solicitadas a dar sua opinião em alguma questão, ficam restritas aos ‘dados soltos’, isolados, que têm registrados em seus cérebros, possibilitando respostas e conclusões nem sempre corretas, pois lhes faltam elementos comparativos, capazes de levá-los a uma conclusão mais efetiva sobre qualquer assunto.

Quando tais pessoas, que estão limitadas em seu ‘Espaço Mental'(‘quadrado’ ou’ bolha’), se propõem a buscar uma quantidade e qualidade MAIOR e MAIS PROFUNDA  de Conhecimentos, elas descobrem que o Mundo é bem maior (e a realidade mais profunda) do que aquilo que aprenderam até aquele momento, e que o Conhecimento está em todos os lugares, podendo ser acessado de múltiplas formas…, porque TUDO ESTÁ EM RELAÇÃO, imbricados uns nos outros, NADA É ESTANQUE, SEPARADO, e pode  ser  adquirido através de recursos diversificados.

Ao perceberem isso, ao chegarem neste ponto, as pessoas  abrem sua Mente para o inusitado, o até então desconhecido Raciocínio (capacidade de análise e interpretação de dados) e conseguem se libertar de suas barreiras cognitivas (Quadrado ou Bolha Mental), seja por orientação de alguém mais experiente ou pelo amadurecimento natural da idade e experiências vividas, permitindo que sua Consciência se desenvolva, adquira “Asas”, aprendendo, aos poucos, a “Voar”,  sair do “Quadrado ou Bolha” Mental em que estiveram inseridas  e ir “em busca do Infinito”, ampliando seu Universo de Conhecimentos até onde desejarem.

mulher dentro-de-uma-bolha           21-08-2016

  • Potencial de Inteligência  x  Inteligência Manifesta na prática

À partir daí, as pessoas começam a transformar  seu Potencial de Inteligência  em   Inteligência PRÁTICA, EFETIVA influenciando (ampliando) sua CRIATIVIDADE. E os tipos de Raciocínio terão um campo fértil para se desenvolver. É assim que acontece com pessoas autodidatas, que aprendem sozinhas através de leituras e experiências de vida. As que têm a possibilidade de ter acesso a orientações de pessoas mais experientes ou preparadas profissionalmente para isso, conseguem desenvolver tal consciência mais rapidamente. Quem não tem tal possibilidade de receber tais orientações, se deseja mesmo sair-se bem na Vida ou tornar-se melhor no que faz, pode descobrir sozinha que ‘tem ‘dentro de si um mundo de possibilidades’ de ser melhor, basta querer busca-las.

Como disse o dr. Reuven Feurstein :-“Nunca aceite o determinismo genético de sua Inteligência. Ela sempre pode ser modificada.”

É assim que muitas pessoas conseguem se libertar do “Quadrado ou Bolha” Mental e se dar todas as oportunidades de vivenciar, perceber a complexidade contida em seus neurônios e sinapses. Isso lhes possibilita desenvolver também sua Intuição, além de sua capacidade Intelectual, distribuída por suas diversas competências intelectuais.

Neste aspecto tem o INFINITO a sua disposição. Basta QUERER se beneficiar de tudo isso.

Para tal, tais pessoas também terão que aprender a Controlar seus Impulsos, Emoções Negativas, Curiosidade, e Administrar seu Tempo para manterem o FOCO naquilo que buscam de informações. Caso contrário, dispersam sua ATENÇÃO e perdem seu foco em meio a tantas informações e possibilidades de acesso a elas.  Quando isso acontece, acabam simplesmente DECORANDO informações sem verdadeiramente compreendê-las, para transformá-las em Conhecimento, o que as leva a esquecê-las rapidamente ou não saber reconhecê-las em contextos diferentes daquele onde as buscaram primeiro.

Portanto, podemos concluir que o Ser Humano tem capacidade para aprender sobre O Que Desejar, Quanto e Quando Desejar, Como Desejar e em que circunstância desejar, independente de Onde estiver, porque NÃO É O ESPAÇO FÍSICO que limita seu Conhecimento e sua Compreensão, mas sim seu PRÓPRIO MODO DE Receber, Acessar e Trabalhar as INFORMAÇÕES QUE DESEJA, esteja inserido em que ambiente for.

Quanto MAIOR for sua CURIOSIDADE SOBRE O CONHECIMENTO, melhores respostas saberá dar, demonstrando maior capacidade intelectual, seja em que área (ou áreas) de conhecimento for.

coração e cerebro  equilíbrio       22-08-2016

  • Importância da Sensibilidade dos Educadores no processo de Ensino-Aprendizado

Daí a importância de os Educadores saberem Estimular, Motivar a CURIOSIDADE das crianças, adolescentes e jovens, contrariamente ao que sempre acontece nas Escolas, na Família, onde essa Criatividade natural é PODADA para dar lugar ao Conhecimento Formal – como se este não pudesse acontecer fora do Processo Tradicional.

Exemplo

Crianças Inteligentes e sem condições de frequentar uma escola formal estão por aí mostrando a todos nós que os motivos que nos levam a aprender cada vez mais e superar nossos limites é a nossa VONTADE de SUPERAR nossas Dificuldades, as quais somos DESAFIADOS a cada instante no nosso cotidiano, seja pelo professor, seja pelas necessidades diárias da própria VIDA.

Um exemplo muito comum nós encontramos em crianças e adolescentes que abandonam a escola onde são muitas vezes rotulados como pessoas “com dificuldades de aprendizado” e, ao ter que se manter na vida, demonstram ser Exemplos de Sucesso Profissional.

Sempre temos a possibilidade de mudar nossa vida e a nós mesmos – basta querermos de verdade, querermos com a Mente e o Coração. Caso contrário não teremos a necessária  PERSISTÊNCIA para seguirmos em frente diante dos obstáculos. E isso ninguém pode nos ensinar – isso deve nascer espontaneamente dentro de nós mesmos.

“A educação precisa justificar-se realçando o entendimento humano” – Howard Gardner.

Angela Alem                                                                             22 de Agosto de 2016

Anúncios

Um comentário sobre “Você vive DENTRO ou FORA do Quadrado Mental? Ou numa Bolha Mental?

  1. Mais um excelente texto, minha querida Angela Alem ❤ ❤ .
    O processo educativo escolar necessita de reformas sérias e profundas para um bom desenvolvimento das capacidades, de crianças e jovens, que têm 'sede' de aprender e desenvolver a sua criatividade.
    Existe uma necessidade urgente de uma melhor preparação de Professores/Educadores, para que saibam como motivar e estimular essas crianças e jovens (com diferentes mentes e atitudes) em ambiente complexo de sala de aula (por vezes superlotada).
    O seu contributo é precioso minha querida. ❤

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s